SOS Pesquisa e Rorschach - Guenia Bunchaft

fechar
 Nome: 
 Email: 
  

 

Orientação da fundamentação teórica, da metodologia e do tratamento estatístico de pesquisas em geral

Os trabalhos científicos, no meio acadêmico, se apresentam sob  várias formas, de acordo com o nível do curso e o tipo de trabalho que o pesquisador desenvolve. As dissertações são direcionadas para o Mestrado e a teses para o Doutorado; além disso, acadêmicos com todos os níveis de qualificação costumam estar sempre engajados em pesquisas de todos os tipos.

Esses trabalhos costumam ter um orientador, que esclarece o pesquisador quanto à fundamentação teórica, metodologia e tratamento estatístico mais adequados à sua pesquisa.

Um projeto de pesquisa pressupõe um planejamento detalhado do que deverá ser feito com os dados coletados. Todas as etapas do processo de pesquisa são efetuadas visando à análise estatística dos dados, por meio da qual serão tiradas as conclusões apropriadas. Caso essa estratégia não seja adotada, aumenta a possibilidade de se obter, na pesquisa, informação supérflua e/ou incompleta, levando à distorção nas conclusões. É o caso tão comum do pesquisador que aplica vários instrumentos em uma amostra e, depois, fica perdido em uma montanha de números, sem saber o que fazer com eles.

Outro ponto importante a destacar é que, com a ênfase atual nos recursos computacionais, o pesquisador iniciante acha que basta ele digitar os seus resultados e entrar com eles no pacote estatístico que está tudo resolvido. Ele acha que não precisa mais conhecer nada de Estatística  para desenvolver uma pesquisa, pois o pacote estatístico, como um passe de mágica, lhe dará todas as respostas prontas. Na realidade, o que ele evitou foi o antigo trabalho braçal de fazer cálculos infindáveis, pois o pacote estatístico não interpreta os resultados, nem formula hipóteses; para isso é preciso conhecer e dominar Estatística.

Aqui, minha orientação se relaciona a dois aspectos:

1-    Supervisiono e sugiro fontes de pesquisa impressas e digitais a nível internacional, de modo a garantir uma fundamentação teórica completa;

2-    Planejo e auxilio, por meio do programa SPSS, a análise estatística dos resultados obtidos pelo pesquisador, ajudando também na interpretação dos dados.