SOS Pesquisa e Rorschach - Guenia Bunchaft

fechar
 Nome: 
 Email: 
  

 

Determinação da validade de instrumentos de pesquisa/medida

A validade de um instrumento consiste em este medir realmente aquilo a que se propõe. A determinação da validade de instrumentos psicológicos é mais complexa do que a de variáveis físicas. Convém, assim, destacar, que o título de um instrumento ou teste nada nos informa quanto ao que está sendo avaliado.

Não se pode falar de uma validade em geral, mas de uma validade relativa a determinado tipo de decisão ou utilização específicos  do instrumento em questão.  Um instrumento pode ser válido, por exemplo, para fins de seleção e não para diagnóstico psicológico. Por isso, existem vários procedimentos para a determinação da validade de um instrumento de pesquisa/medida, cada um apropriado para determinada utilização.

De acordo com as recomendações técnicas da Associação Americana de Psicologia, esses procedimentos para a determinação da validade foram classificados em três categorias: validade de conteúdo, validade relativa a um critério- preditiva e simultânea – e validade de contructo.

A validade do instrumento é o requisito psicométrico mais importante a ser determinado, sem ela a pesquisa não faz sentido nem a avaliação psicológica tem valor.

Meu papel aqui será ajudá-lo a escolher o(s) tipo(s) de validade mais adequado para a utilização do instrumento que está sendo validado, a forma de determinar  essa validade e como interpretá-la.